Site Autárquico de Beja

TRANSPORTES

URBANOS 

 

As freguesias urbanas na cidade de Beja são servidas por seis circuitos de transportes públicos, conhecidos por URBANAS 1, 2, 3, 4, 5A e 5B, quatro deles a funcionar de forma circular, sem início e fim de linha, na mesma direção e em sentidos contrários; e dois pendulares, ao Penedo-Gordo. Uma das caraterísticas inovadoras dos percursos das urbanas prende-se com o facto dos quatro circuitos implementados para servirem a cidade e os bairros periféricos, funcionarem em circuito fechado e em horário contínuo. As urbanas 1 e 2 servem o centro da cidade e incluem cerca de 48 pontos de paragem onde passam de 20 em 20 minutos. As urbanas 3 e 4 servem os bairros periféricos, mas podem igualmente ser utilizadas no centro, e incluem cerca de 60 pontos de paragem e têm uma frequência de 60 em 60 minutos, com horários adicionais em horas de ponta funcionando, nestes períodos, de 30 em 30 minutos.

Procurou-se a eficiência do serviço com uma elevada frequência nos circuitos e constante ao longo do dia; a passagem nos principais equipamentos: Gare, Hospital, o Centro de Saúde, as Escolas Secundárias, Sedes de Agrupamentos de Escolas, Escolas do Ensino Superior e zonas importantes de serviços e comércio; uma imagem própria dos autocarros; tarifas atractivas praticadas ao nível dos bilhetes de bordo e passes; e uma conveniente informação nas paragens.
Nesta estratégia, foi considerada a afectação de material circulante adequado com padrões de qualidade e de conforto atractivos e acessibilidades compatíveis com a procura.

 

Consulte os percursos, horários e tarifário.

Para descarregar em formato pdf, clique aqui.

 

TÁXIS COLECTIVOS

O serviço de Táxi-Coletivo é um projeto pioneiro em Portugal, que melhorou as relações das populações mais rurais com a sede do concelho, através da realização de percursos em táxi em períodos em que a rede transportes públicos coletivos não garantia as ligações à cidade. 

A ideia de criar o Táxi - Colectivo na cidade de Beja surgiu em Maio de 1995, e foi inserida no Plano PETRA – Plano Estratégico de Transportes e de Mobilidade de Beja. O projecto iniciou-se no final de Julho de 2000, por um período experimental de seis meses e encontra-se em funcionamento até então, tendo sofrido pequenos ajustes relativamente ao projecto inicial e em função das necessidades que têm surgido.

Objectivo do serviço: Melhorar a acessibilidade entre a cidade e as freguesias rurais quando a rede de transportes públicos colectivos não garante as ligações, assegurando o mínimo de mobilidade e qualidade de vida às populações.

Funcionalidade do serviço: é uma alternativa ao tradicional transporte público e ao automóvel, recorrendo para tal aos veículos afectos ao serviço de táxi que são partilhados pelos passageiros até à respectiva lotação máxima e com preços próximos dos praticados nas carreiras de autocarros.

 

CARACTERÍSTICAS DO SERVIÇO: 

- as tomadas e largadas de passageiros são executadas nas paragens dos autocarros;

- aos Domingos à tarde todos os circuitos servem o Hospital;

- as tarifas são cobradas à viagem (ida ou volta) e por passageiro transportado;

- os bilhetes podem ser adquiridos previamente na Gare Rodoviária ou directamente ao motorista;

- em caso de lotação do veículo é diligenciado, por rádio ou telefone, um reforço de veículo(s), devendo o bilhete correspondente, ser adquirido ou validado, pelo motorista que pede o reforço;

- o transporte de pessoas com mobilidade reduzida, quando compatível com o veículo, têm o seu transporte garantido a partir do local de origem até ao destino pretendido, desde que façam uma marcação prévia, até 30 minutos antes do horário de partida de Beja. No destino e dentro da localidade será conduzido até ao local pretendido.

- o percurso de São Matias funciona a pedido com uma pré-marcação de 60 minutos. 

 

Consulte os tarifários, percursos e horários em vigor